CNS, Memorial Chico Mendes e parceiros sociais fazem visita ao Território Médio Juruá em Carauari, Amazonas.

CNS, Memorial Chico Mendes e parceiros sociais fazem visita ao Território Médio Juruá em Carauari, Amazonas.

Visita à Unidade de Beneficiamento de Pescado da ASPROC em Carauari e participação na Assembleia Geral da Associação e no Encontro com parceiros sociais.

Durante os dias 31 de março a 02 de abril, o Conselho Nacional das Populações Extrativistas – CNS e o Memorial Chico Mendes estiveram presentes na Assembleia Geral da ASPROC 2022, que ocorreu na Comunidade Pupuai, na RESEX Médio Juruá / Carauari – AM. A Assembleia teve como objetivo avaliar as ações da ASPROC em 2021 e planejar novas ações que garantem o seu fortalecimento organizacional, a melhoria de vida de seus associados(as) e contribuam com o desenvolvimento sustentável da região. Além de realizar a votação para nova diretoria, que tomará posse em maio.

Na visita a Unidade de Beneficiamento de pescado da ASPROC, localizada no município de Carauari (AM) percebe-se que é uma conquista histórica da Associação de Produtores Rurais de Carauari. Após muita luta e determinação, e com apoio de muitos parceiros sociais, em 2021 a unidade foi inaugurada. O objetivo da unidade é atender a demanda de processamento do pescado da região, principalmente os grandes volumes de pirarucu (Arapaima gigas) proveniente do Manejo Comunitário dos Lagos. O local tem capacidade para processar, em média, 5 toneladas de pescado por dia e estrutura para armazenar até 300 toneladas de peixe, antes que seja encaminhado para a comercialização.

                                 Unidade de Beneficiamento de Pescado da ASPROC em Carauari/ foto: Marcelo Cwerner

Durante a Assembleia foram debatidos temas referentes aos projetos em execução e em andamento. São projetos de cunho socioeconômicos e ambientais para o território, como a gestão comunitária da água e internet, os sistemas de energia solar, além dos dados da produção e comercialização de farinha, açaí, pescado e borracha. Avaliando os resultados alcançados, as principais dificuldades e os desafios enfrentados.

Além disso, foram comemorados os 30 anos de história da ASPROC! 30 anos de luta que tornaram a associação uma grande referência de organização comunitária não só no estado do Amazonas, mas em todo o País. Para resgatar essa história, foi elaborado junto à plenária uma linha do tempo, seguindo as curvas do Rio Juruá, com toda a história de conquistas da organização. Desde a primeira reunião dos seringueiros mobilizados contra a exploração dos patrões até os dias atuais.

Na ocasião, o Presidente da CNS, Júlio Barbosa, fez falas importantes sobre a organização social, sobre a luta permanente de defesa dos territórios de uso coletivo e direitos sociais das populações extrativistas de comunidades tradicionais na Amazônia. E citou o companheiro Chico Mendes, dizendo que “o resultado da nossa vitória, depende da nossa união, depende da nossa disciplina e depende da nossa responsabilidade”. Chamando assim, todos os participantes para o compromisso com a ASPROC, para que se garanta a continuidade das ações no território. Júlio Barbosa destacou ainda a importância dos parceiros sociais, que enviaram seus representantes para participar da Assembleia da ASPROC como: Rainforest Foundation da Noruega – RFN, a Conexsus e a NESsT Amazônia, que confirmam e reconhecem o valor comunitário e socioambiental da experiência da gestão produtiva da Associação para o processo de organização comunitária no Médio Juruá no Amazonas.

                                 Júlio Barbosa, presidente do CNS e Manoel Cunha, Gestor do ICMBio/foto: Jéssica Souza.

O presidente do Memorial Chico Mendes, Adevaldo Dias, também aproveitou o momento para reforçar o papel da instituição no apoio às organizações de base, a disponibilidade  de ações  no processo de execução de projetos importantes para o território.

Adevaldo Dias, Presidente do Memorial Chico Mendes, na mesa de abertura ao lado de Júlio Barbosa, Presidente da CNS, Arne, representante da RFN- Noruega e outros parceiros sociais (representantes de organizações de base e instituições parceiras)/Foto: Jéssica Souza.

Aproveitando a ocasião da Assembleia da ASPROC e a presença de muitos parceiros e organizações de base que atuam no território do Médio Juruá no município de Carauari, no dia 5 de abril ocorreu a reunião de Encontro de Parceiros. O Memorial Chico Mendes esteve presente no evento que teve como objetivo compartilhar as ações desenvolvidas ou planejadas para ocorrer esse ano no território, e debater sobre como os parceiros podem definir planos estratégicos em conjunto para tornar as ações mais efetivas para as comunidades.

           Participantes do Encontro de Parceiros do Médio Juruá/Foto: Katharina

O encontro foi bastante produtivo para 1) reconhecer a quantidade de parceiros presentes e dispostos a desenvolver projetos diferenciados para o território; 2) identificar nossos sonhos comuns de desenvolvimento sustentável da região com base no protagonismo das organizações comunitárias; 3) propor projetos mais orgânicos com o estreitamento das parcerias e dos planejamentos de cada instituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 7 =